·

Posso confessar uma coisa?
Amo todos vocês que leem, que acompanham meu blog e que o seguem.
Obrigado aos 206 seguidores pelo apoio que dão ao meu primeiro projeto!
Quatro anos de felicidade!!!




segunda-feira, 23 de novembro de 2009

A hora em que dizemos adeus

Há inumeros momentos na vida em que não sabemos como nos despedir, talvez para sempre, mas outras ocasiões esse tal medo é de total ignorancia. Criamos de proposito o tal medo de nunca vermos a pessoa que sempre nos fará falta e quando chega a bendita hora nem conseguimos abrir a boca direito.
Hoje esse foi o meu dia.
Criei uma esperança a toa este final de semana, passando horas a fio até que hoje chegasse.Choros, soluços, ligações para pais irritados que não aguentavam mais a mesma ladainha e uma diretora totalmente nervosa com nossa atitude imatura.
Onde foi que ele viu imaturidade que não me avisou????
Chorar porque talvez não possa reclamar com alguem confiavel da professora chata, admitir que colou para alguém, que vai te perduar se você passou a cola para ela tambem, debochar da garota que se veste mal na escola para alguém que nunca vai te dedurar não me parece nem um pouco imaturidade.
Criar vinculos durane uma estada de 5 anos e depois descubrir que só podera conversar abertamente com essa tal talvez só pelo msn ou pelo orkut, não me soa muito bem, mas saber que talvez uma esqueça da outra não é nada legal. Por que todos sabemos que depois de um tempo a distancia e as novidades vividas misturada com gente que nunca vimos na vida consegue destruir tudo!!!

5 medos:

Lôoh Toledo disse...

Oiii amiga quanto tempinho *-*

ai eu amei sério gostei mesmo!
que por falar seu blog ta como sempri perfeiiito!
*-*

e essa musica me faz chorar buuuua

beeejos
;*

B. disse...

aah, amei. despedidas são crueis!
E essa música me faz chorar +1

Thali Launé disse...

Que lindo seu post!
Eu odeio despedidas, prefiro dar um tchau e virar as costas, sei que parece ser crueldade ou frieza minha, mas faço isso para não sofrer muito depois!

Ana Carolina Lima Da Rosa disse...

ah despedidas, e sempre triste .

cary. disse...

Nunca um texto se encaixou tanto a uma situação que estou vivendo como esse. LIIIIIINDO DEMAIS! *-*

http://colunadacary.zip.net