·

Posso confessar uma coisa?
Amo todos vocês que leem, que acompanham meu blog e que o seguem.
Obrigado aos 206 seguidores pelo apoio que dão ao meu primeiro projeto!
Quatro anos de felicidade!!!




quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Delinquências?!


Não preciso andar muito, ou abrir o jornal toda manhã, muito menos assistir tevê para encontrar atos desse acontecimento. Na verdade eu apenas preciso andar 2 quadras para cima da minha da casa e pronto, cheguei na rua mais movimentada da minha cidade onde é o endereço da minha escola. Mesmo sendo um escola tradicional, a mais velha da cidade, é nela muitas delinquências acontecem.
No primeiro bloco da escola, numa sala que fica em cima da diretoria, a número 2 para ser exata, é o alvo principal e constante de depredação. Sabe o que é engraçado? A idade deles. São crianças de 11 a 13 anos, se é que isso ainda é considerado criança. Essas pessoinhas arrancam concreto puro da parece envolta da janela, deixando-a no tijolo. Mas deixe eu contar o que houve dentro do banheiro dos meninos, onde devo salientar que nunca entrei!
No último mês de aulas antes das férias, 9 alunos do 3* ano foram expulsos por simplesmente abrirem um buraco na parede que dá acesso ao lado de fora da, onde toda noite ele, os 9 saíam e compravam 'pinga' entre outras bebidas proibidas para menores de 18 anos, enchiam a cara, quebravam tudo que havia pela frente e sem mais nem menos voltavam para sala de aula como se nada tivesse acontecido.
Fico imaginando o que leva as pessoas dessa idade a destruírem um bem publico. Muitas vezes acho que é pelo fato dos pais darem muita liberdade ou prenderem de mais os filho, o que leva a uma controvérsia. Se você dá liberdade pra que esses jovens saíam e façam o que querem da vida, logo eles vão fazer tudo mesmo. Se você prende de mais, quando você vira as costas lá estão eles aprontando por revolta de nunca poderem fazer nada. Lógico que não é na maioria dos casos que isso acontece.
Minha mãe diria na frente da cada um dos pais desses mini-marginalzinhos que todos sem exceção precisam é de uma boa surra pra aprender a respeitar de dar valor ao que de todos. O que faz lembrar que também é a violência em casa que leva as pessoas a serem como são e deixam aqui sem respostas de como trata isso.

4 medos:

Clara disse...

Huahauahua! Escondido é bem mais gostoso, heim? É um erro proibir demais. A única coisa que pode melhorar na educação de adolescentes e jovens é o diálogo. Mais nada.

'cary. disse...

ADOREEEEEEEEI *-* é claro, o texto e também o layout :D
eu acho que cada um é cada um: ora, existem pais bons por aí, mas que simplesmente não conseguem controlar os seus filhos, que saem escondidos e praticam atos proibidos. Ah, e também acho que umas palmadas não fazem mal a ninguém (claro, eu ODEIO mães que espancam seus filhos: estou falando de um beliscão ou mesmo um puxão de orelha.)
beijos *: <33'

Thaís C. disse...

Os jovens de hoje estão cada vez mais perdidos, nem todos, mas uma boa parte. Os pais tem um importante papel no ensinamento deles, mostrando o que é certo e o que é errado. Mas às vezes, os jovens preferem escutar os conselhos das más companhias do que aos próprios pais. Lamentável. =/

Patrícia disse...

Saudade do seu blog!