·

Posso confessar uma coisa?
Amo todos vocês que leem, que acompanham meu blog e que o seguem.
Obrigado aos 206 seguidores pelo apoio que dão ao meu primeiro projeto!
Quatro anos de felicidade!!!




segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Nem Jonnny Castle, nem Edward Cullen.


Todas as garotas deveriam ter um Johnny Castle (Patrick Swayze em Dirty Dance) em suas vidas. Não porque o ator morreu semana passada nem coisa do tipo. Talvez nem seja para ele os gritos que ecoam dentro de mim, quando agarro o saco de pipoca e choro desesperadamente com as coisas lindas que aconteceram a Baby no filme Dirty Dance.
Muito homens hoje em dia, deveriam passar horas assistindo a esse e outros filmes românticos para que haja um lavagem cerebral neles para que sejam como são descritos em livros de histórias, como Edward Cullen's da vida ou Michael Moscovitz's. Eu não ligaria de receber um carro a prova de tudo que é armamento vésperas de meu casamento. A vida poderia ser um lixo total desde que ele, o cara por quem fosse apaixonada me desse um pinguinho do que Bella e Mia possuem.
Há muito tempo aconteceu que de repente os homens deixaram de ser galanteadores. Um dia devem ter acordado e pensado 'puxa, acho que já gastei muito tempo sendo romântico, e vou deixar minha pansa crescer!'. Essa é uma das poucas explicações lógicas do porque eles do nada decidiram entrar em greve e mostrar que nosso pequeno sonho de se apaixonar por alguém descrito em um livro pra crianças é puro absurdo. Mas acreditar que os tais dos príncipes encantados um dia existiram é pedir pra ser internada em um manicômio. Se um dia eles existiram foi a muito tempo, em uma época chamada idade média quando a louca de uma rainha batizou o filho com o nome de 'Encantado', caso contrário, não há vestígios de que alguma vez na história alguém já tenha se apaixonado pelo tal.
Nos tempo que vivemos hoje a galera não pensa mais nisso. Nem sequer a maioria lê livros de histórias que nos deixam acordadas durante a noite pensando em encontrar alguém daquele jeito. Não, muito pelo contrário. Tanto homens como mulheres só querem saber do 'rala-e-rola', e se deixar nem lembram como se prevenir numa hora dessas.
Segundo minha concepção de certo e errado, o mundo tá perdido!

8 medos:

Giovanna disse...

Adooorei o texto, acho que principes são meras história, mas na vida real pode sim existir "o cara" aquele que parece que foi feito para nós, mas claro que nunca irá durar pra sempre.

Lílian disse...

muito lindo o texto, eu tbm acho que principes encantos existiram a muitos séculos atrás, ou ainda existem pessoas romanticas mais estão em minoria .

bgs

Bami disse...

Nossaa, sumi daqui! Caramba, tô sem tempo nenhum pra comentar nos blogs. AFF
Concordo com vc. Porque será que eles mudaram assim, do nada? O que aconteceu? Ninguém sabe, o que eu sei é que pra os homens o amor perdeu o encanto, com raríssimas exceções. "Segundo minha concepção de certo e errado, o mundo tá perdido!"
Bjooss

Thali Launé disse...

Liindo teu texto flooor! Amei teu blog ,, é realmente um espacinho seu! Seus textos são todos bons.. parabéns

Natália disse...

Esse carinha é tão feinho, tadinho. beijos

Elisa Mucida. disse...

Eii Chris,
KKK, ri MUITO com a sua explicação para a greve de romantismo. E concordo com você, ninguém quer, nos dias de hoje, saber de amor e romantismo. Todos só querem mesmo sexo e acho isso um tremendo absurdo. Afinal, amor é muito importante, é fundamental.

Adorei o texto, boa sorte no blorkutando, beeijos.

Desirée disse...

Adorei o texto, parabéns!

Clara disse...

Sou um pouco pessimista, acho que, na verdade, os homens nunca foram tão românticos assim. Nós é que mudamos nosso jeito de ver as coisas.

Agora, sobre Johnny Castle... Sem comentários (Edward fica no chinelo)