·

Posso confessar uma coisa?
Amo todos vocês que leem, que acompanham meu blog e que o seguem.
Obrigado aos 206 seguidores pelo apoio que dão ao meu primeiro projeto!
Quatro anos de felicidade!!!




quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Beijo mortal


- Tony você tem de dizer a ela. – ouvi alguém dizer em tom de ordem. – Não quero vê-la definhar.
Abri meus olhos lentamente ao perceber a claridade no meu quarto. Olhei a minha volta me encontrando na cama com a mesma roupa do dia anterior. A primeira coisa que vinha a minha mente era como tortura meu namorado-vizinho-barulhento pelos estardalhaços que fez durante a noite com sua guitarra estúpida, enquanto eu lia e re-lia paginas e mais paginas sobre a Revolução Francesa para a prova bombástica de história.
Minha dor de cabeça continuava ali. Pude senti-la aflorar ao tocar o chão frio me levando até a janela da onde a voz minha. Puxei as cortinas permitindo uma forte luz bater contra meu rosto.
- Ela vai nota ao olhar no espelho e não se ver Tony! Já não basta Olívia e Isabelle terem morrido daquele jeito?
O que Tony havia feito desta de tão grave, além de matar de dor de cabeça com a droga daquela guitarra?
- Porque você tinha de beijá-la Tony? – questionou a voz – Você sabia o que aconteceria ao fazer isso.
- Porque eu a amo! – bradou Tony – E porque quero tê-la para o resta da vida ao meu lado.
- Vão notar quando ela não envelhecer, quanto mais à palidez que vai apresentar ao acordar.
Do nada as vozes cessaram me fazendo dependurar na sacada à frente do meu quarto para ver quem conversava com Tony sobre esta história estranha.
- Que verdade você quer que eu conte? – questionou Tony nervoso – Que sou uma aberração da natureza? Que por amá-la a transformei nisto também?
- Agora é uma boa hora. – disse a voz – Acho que ela pode ouvi-la.
- E quer que diga o que? Lina eu te transformei em um fantasma quando te beijei ontem à noite, porque sou um também há mais de 40 anos?
Uma de minhas mãos escorregou com a minha força me fazendo inclinar contra o beiral e cair da sacana. Minha mente estava vazia. Eu não podia sentir nada e nem queria depois de ouvir as palavras amais insanas de minha vida. Eu um fantasma porque Tony me beijara? Que maluquice é essa? Nos filmes de suspense e naquela série da Sony só algumas certas pessoas podem ver os fantasmas e todas da rua, da escola e da minha família conseguiram ver Tony quando as apresentei a ele quando ele se mudou para cá um ano há trás. Ele teria me contado nesse meio tempo que tinha um certo dom, por assim dizer. Não esperaria eu cair da sacada para isso.
- Eu disse que ela poderia te ouvir Tony. – pude ouvir a voz continuar dizendo mesmo sem poder ver nada. – Ela já deve estar acordando.
Minha cabeça zunia, minha visão estava turva, mas apenas Tony estava na minha frente e minha vontade era de matá-lo, do mesmo jeito que queria assim que acordei. Só havia o problema de que ele já estava morto. Assim como eu também estava.


(Romance Assombrado)

5 medos:

Juliana Trinci disse...

porque crônicas mal feitas como marcador? Ficou gostosa de ler, prendeu a atenção...
Gostei bastante

Lôoh Toledo disse...

gostei muito Chiris, suas crônicas são tão boas, queria ter esse donzinho *---*

vai ter continuação? diz que sim vaiiii *---------------*

eu tipo to ansiosa se tiver me fala


x x x

A e sobre meu texto vou mata-lo não mas vai acontecer umas coisinhas não muito boas com os dois ;s

- gabs, disse...

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa *-* você que escrever isso Chris? Caracas!
Tipo vampiresco OAIUOEIUAOUOIA mas a moda agora é essa.

Beeeeeeeeeeeijos, otima semana flor!

Luis A. disse...

Perfeito
vc tem o dom não somente
de escrever mas tbm de
prender a atenção dos outros não importando qual gênero a história seja... ela sai sempre ótima
parabéns

the pumpkin queen disse...

tem continuação? D: me diz que tem porque eu AMEI, super acho que você devia escrever um livro a partir dessa postagem, e se já estiver escrevendo por meio do blog não para!
Você escreve incrivelmente bem e eu me senti quase como se fosse a personagem principal!

E obrigada por visitar o meu blog, eu já passei por aquilo que você comentou, mas consegui superar e tenho certeza de que você também vai conseguir isso se já não superou!

xx