·

Posso confessar uma coisa?
Amo todos vocês que leem, que acompanham meu blog e que o seguem.
Obrigado aos 206 seguidores pelo apoio que dão ao meu primeiro projeto!
Quatro anos de felicidade!!!




quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

O causo do Gabriel.


Se você acha que vai ler mais um conto sem graça com um final feliz, enganou-se. O que você vai ler aqui é um relato da vida real não muito legal. E se você quer saber, depois de escrevê-lo senti dentro de mim que parecia meio sem sentido.
________________________________________
Me lembro muito em daquelas noites barulhentas em sala de aula. Também me lembro dos rostos de cada aluno e de cada sentimento que cada um me fazia sentir. Mas tinha algo naquela sala que eu não queria lembrar. Parece que ainda foi ontem que escutei berros grosseiros contra Gabriel, e em seguida seu material voou até cair dentro da lata de lixo que ficava à frente da porta.
Durante um ano me perguntei porque ele era maltratado por aqueles que se diziam seus amigos. Cheguei há inumeras respostas como : porque ele era mais pobre, porque era negro, porque falava tudo errado, porque suas notas não eram lá aquelas coisas ou porque ele se sentia o próximo Ronaldinho durante as aulas de educação física. Mas nenhum desses porque's são motivos sufientes para maltratar alguém daquele jeito com palavras ofencivas, degradantes, que magoava até a mãe dele que não estava presente e com agressão física como os tais 'pelada Robinho' que aconteciam diariamente.
O que mais me perturbava ao ver isso, não era o fato de que aquilo tudo vinha dos amiguinhos dele, mas sim, de perceber que o próprio Gabriel fazia o mesmo com o s outros para não se sentir tão inferior, chegando a fazer um outro garoto desmaiar após aplicar-lhe uma chave de braço.
O resultado de tudo isso?
Nem eu sei. O que eu sei que é Bulliyng não faz bem a ninguém, tanto ao agressor como ao agredido.

8 medos:

Fernanda disse...

Com cedrteza bulliyng não faz bem a ninguém, em um mundo em que o lema agora é "somos todos iguais" isso sai mais ainda da realidade. òtimo texto.
Quanto a minha amiga, não empresto não xD /brinks

bgs

Clara disse...

Pois é, e tem gente que diz que a pessoa agredida deve reagir.

Onde eu estudava, tinha muito disso, de ditos amiguinhos ficarem se humilhando entre si. Sempre achei que isso fosse coisa de menino, mas é lógico que por trás das respostas engraçadas, havia mágoa. Penso que eles choravam sozinhos quando chegavam em casa.

Acho que nesses casos, falta a própria pessoa se respeitar e demonstrar que não gosta de brincadeiras se assim for.

^^

Beatriz Leite. disse...

concerteza ganho o blorkutando.

Dayds. disse...

Adorei o blog! *-* Passei por vários meses e adorei tudo :D Muito fofo!
Obrigada por todos os comentários no meu blog, de verdade! Fico feliz que goste :))
Vou te colocar lá no "friends", oks?
Beijo, beijo :*

Thaís C disse...

Bullying é despresível. Temos que tratar todos com respeito, pois não há motivos suficientes que justifiquem tal ato.

Natália disse...

Saber se aceitar e aceitas as diferenças alheias é o que há! Beijo

Bianca Ribas disse...

Que horror. Mas considero, q1ue retribuir o Bullying não é nada aceitavel apesar de fazerem o que fazem com o Gabriel.

Ahh e saiu a continuação da historia. Se quiser ler:
http://sorvetesaborletra.blogspot.com/2010/02/fonte-da-felicidade-parte-iii.html

Anônimo disse...

lost your money at the [url=http://www.realcazinoz.com]casino[/url] ?over 21 and looking where to [url=http://www.generic4you.com]buy viagra online[/url]? or even how to buy [url=http://www.avi.vg]adult toys[/url]? well you can try this websites and [url=http://www.medical-250.biz]buy viagra[/url]. [url=http://www.generic4you.com]sildenafil[/url] and [url=http://www.generic4you.com]generic viagra[/url] online. you can also buy [url=http://www.generik4u.com]viagra[/url] online.
so for [url=http://www.avi.vg]sex toys[/url] and [url=http://www.ewgpresents.com]viagra online[/url] check us ! for great [url=http://www.cahv.org]viagra[/url] deals check us now!