·

Posso confessar uma coisa?
Amo todos vocês que leem, que acompanham meu blog e que o seguem.
Obrigado aos 206 seguidores pelo apoio que dão ao meu primeiro projeto!
Quatro anos de felicidade!!!




quinta-feira, 25 de março de 2010

Casa de campo 02


O que quer que ele tenha feito noite passada, o estava aterrorizando. E ele estava me assustando.
- Eu tenho que lhe dizer. - murmurou me dando as costas bufando ao passar a mão pelos cabelos - Mas...eu não consigo encontrar palavras pra dizer.
- Dizer o que Federico? - bradei batendo o pé.
Ele se sentou na escada a nossa frente escondendo o rosto entr as mãos. Desci os degraus me ajoelhando a sua frente soltando o ar de meus pulmões. Nunca o tinha visto assim. Segurei seus punhos tentando abaixar sua mão.
- O que você fez? - perguntei mais uma vez - O que será a última vez?
Olhei em seus olhos procurando por algo que me diria por uma vez, o que ele queria dizer. Passei minhas mãos pelo seu pescoçp e o abracei.
- Eu não mereço você. - falou em meu ouvido - Nunca mereci.
Segurei em seu rosto fitando-o com raiva. Se ele não dissesse logo o que havia feito, iria socá-lo de uma vez.
- Me diga logo o que você fez ou juro que quebro o seu nariz! - ordenei apertando seu queixo.
- Eu...eu.. - gaguejou olhando para o chão - Eu ia a cidade para comprar vinho, e o para-brisa não funcionou quando começou a chover e...
Seus olhos cerraram-se ao respirar fundo ainda sem me olhar. Virei seu rosto para mim apertando-o ainda mais para que dissesse o que tinha feito.
- ...atropelei um homem. - continuou ele - Juro que tentei ligar para a emergência, mas não tinha sinal, ele não respirava e sangrava muito e ...
- E o quê Federico? - gritei desta vez.
- Eu o coloquei no porta-mala e o escondi no porão da casa. - concluiu se levantando.
Continuei ali ajoelhada tentando absorver aquilo. Federico podia ter matado alguém. E escondeu o corpo no porão.
- Você não fez isso. - neguei entre dentes.
- Eu não sabia o que fazer! - bradou me encarando.
- E por isso o escondeu no porão?
Me levantei indo em direção aos fundos da casa ao som dos berros dele para parar procurando a porta que dava acesso ao porão. Tropecei em alguns galhos jogados no chão, parando em frente a porta que estava com uma vassoura no meio da maçaneta, trancando-a.
Retirei os cabelos do rosto e puxei a vassoura da porta, abrindo-a. Estava escuro, não dava para ver nada. Coloquei um pé na escada de dentro cerrando os olhos para enxergar quando senti algo segurar minha mão e me puxar para dentro me fazendo cair.
- Eu disse que era a última vez. - pude escutar Federico dizer ao cair no chão e a porta se fechar.
(continua...)
___________________________________________
Frase em cinza retirada da musica - I Belong To You (New Moon) ~ da banda Muse.

16 medos:

Letícia Maruci disse...

Muito legal a historia, estou acompanhando :)
parabéns!

Day D. disse...

:O continuação! *-* Não de pra entender direito: foi ela quem caiu no chão, certo? :x
oks, adorei, poste logo *---* :*

Carolzinha_Hermanas. disse...

Nossa, muito sinistra *_*
Continua logo.!


-
Beeijinhos;

Thaís disse...

adooreeei to acompanhando ...Gosteei muitoo mesmoo

~* Bruna Morais disse...

Muito bom, de verdade.
Parabéns pelo blog.
beijos.

http://metamorfoserosashock.blogspot.com

Erica Lopez disse...

ÔMG,
vocêes escritoras sempre me matam de curiosidade.x

Clara disse...

:S Medo! o que aconteceu? OMG! huahauahaua
Parece que vc usou aquela mesma técnicas de telenovela: Acabar um capítulo na melhor parte! :D

тнαιѕ disse...

Nhá, mt meigo. -*

Ana Carolina Lima Da Rosa disse...

tri a historia :D

@ anacarolinacorrêa disse...

Nossa,que suspense, amei. Continuaaa *--*

Insights disse...

É, BEM DAQUELES PENULTIMO CAPUITUO DA NOVELA? O FINAL É MELHOR, COOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOM CERTEZA!

espero ler logo

Lôoh Toledo disse...

quero ver a continuação!

eu amei pacas *----*

Monique Premazzi disse...

QUE MEDO! CONTINUA ISSO MEU DEUS :O

Thiago Cavalcanti Da Silva disse...

O.o ... Nossa Texto bem legal ...
Ainda bem que não sou eu no porta malas ...
Uffá ^^

Thatha disse...

Meus Deus o que acontece???
Nossa vc escreve muuito bem e consegue prender o leito parabéns
Beijos

Fernanda disse...

Adorei a história, faça logo a continuação!!!

E quandto as amigas...não se desespere, as vezes as suas poucas são melhores do q as muitas minhas.