·

Posso confessar uma coisa?
Amo todos vocês que leem, que acompanham meu blog e que o seguem.
Obrigado aos 206 seguidores pelo apoio que dão ao meu primeiro projeto!
Quatro anos de felicidade!!!




quinta-feira, 18 de março de 2010

Diario aquático.

Meu querido diário otário sou eu de novo, César Cielo, quem mais poderia ser?
Acabei de dar uma escapulida do Grand Prix de Austin, aqui no Texas para não ter de enfrentar aqueles repórteres doidos de sempre que vivem me perguntando à mesma droga de sempre.
Não foi como na Seletiva Americana B, porque não quebrei nenhum grande recorde entre as Américas. Mania que as pessoas têm de ficar separando as coisas. Mas não estou ligando muito para isso não.
Na verdade eu nem gosto disso que faço, sabe nadar e toda essa pressão para ganhar sempre. Que ninguém me ouça dizendo isso, mas se pudesse não teria participado do Open em São Paulo para não ter de pagar o mico de colocar aqueles supermaiôs. Só que eu não quero ouvir Brett Hawke gritar mais uma vez no meu ouvido com aquele sotaque caipira enquanto cospe como eu deveria esticar mais os braços, respirar menos e mergulhar mais fundo e rápido ao pular da plataforma.
A única coisa boa que me aconteceu nessa competição de meia tigela foi ter ficado na frente aquele enjoado do Garrett Weber-Gale, que chegou quase uma década depois de mim e do problemático Matthew Grevers que eu ainda acho que está dentro da piscina procurando o lado da largada.
Uma vez nessa vida eu queria perder uma dessas competições chatas onde nunca tem música descente tocando e frango com polenta. Só que se isso acontecesse a Arena e a TNT retirariam o patrocínio e bay bay piscina e bebida de graça forever.
Hoje me dei conta que havia esquecido aquele maiô esquisito que o Gustavo Borges me deu uns anos atrás. Como é que eu tive a capacidade de guardar aquilo por tanto tempo? Meu, aquele negócio foi usado por ele, e não tem mais utilidade alguma, será que ele esperava que eu a emoldurasse ou coisa assim? Acho que vou jogar no lixo, ou doar para os pobres. Não tem fundamento continuar guarando aquele treco.


Mais um dia chato dentro de piscinas com fungos e micoses na vida de Cesão.
_______________________________________
Aí que pecado! Eu amo o Cesar Cielo e me doeu o coração tirar uma com a cara dele ao escrever esse 'diario ao contrario'.

15 medos:

Vitória Silva disse...

Nossa, César Cielo é meu ídolo! (eu faço natação, rs.)
Gente, eu amei, sério. Porque, se pensarmos bem, ninguém sabe o que passa na cabeça dele toda vez que vem um jornalista maluco entrevistá-lo, né?
HSAHOOIHS'
beijos

Gabe Candido disse...

ele é tão lindo *-*
amei o texto :)
bjs

Pensamentos Devaneantes disse...

HASUHSAUHASUHAS

Eita, que engraçado. =P
Eu sou fã do Cesão também!
Além de lindo, é um fenômeno das piscinas. ♥

(Erica Ferro)

Vanessa disse...

hahahahaha ficou bem engraçado, viu? Também amo o César Cielo!

(www.caixinhadeopinioes.zip.net)

Millena Blogueira disse...

Não só o César como outros atletas e artistas nunca sabem o que se passa na cabeça deles quando são entrevistados.
Excelente post!Sucesso com o blog!

Carolzinha_Hermanas. disse...

Eu ameeeei esse texto *_*,deeeemais.AHAHAHAHAH;



beeeijinhos ><

@ anacarolinacorrêa disse...

Ai,que bacana,adorei.
Mais a realidade é essa mesmo,tem muitos famosos que fazem isto.
Lindo o blog.

Gêsa disse...

Adoro o Cesar Cielo. Deve ser estranho ser famoso, e apesar da diversidade de lugares estar sempre no mesmo cenário "uma piscina".

Lôoh Toledo disse...

Amei Chiris ><

sabe as vezes pode ate ser a verdade ele pode ate pensar isso, mas não sabemos sabe.

eu amei e ele um ídolo e um gato s2

Manu Lago disse...

Eu ri! Acho que o diário dele seria mais ou menos assim mesmo!
Obrigada por visitar o blog, e quanto amar incondicionalmente eu também não acreditava muito, até semana passada, tive uma briga com uma amiga, aconteceu algo grave e ela acha que foi eu que fiz, ficou muito magoada comigo por isso, e eu com ela por não acreditar em mim, mesmo muito magoada eu sentia falta dela, somos melhores amigas mesmo, e ela não acreditou em mim. No dia do post voltamos a nos falar, e voltou a mesma amizade de antes, ela não acredita em mim ainda, e ainda doi um pouco se eu ficar pensando que ela pensa tão mal de mim, mas nos amamos tanto que temos necessidade uma da outra, então esquecemos as mágoas, e percebemos que nos amamos incondicionalmente.

Clara disse...

Pura sorte coisa nenhuma! Ficou muito legal!!!

Todo mundo deve ter seu lado 'vida de cão', até mesmo um campeão...

Adorei!

Insights disse...

Adoreeeeeei, *-* hahaha, muito bom mesmo. Já estou te seguindo, bjjjs

Beatrix disse...

Huuahsuahsuash tadinho dele..Huuahsuahuas

;***

Bruna Bianconi disse...

HAHAHA mandou muito bem no texto, adorei.

baobah disse...

Heeey, parabéns, ganhou um segundo lugar!
adorei o texto muito criativo!
beijos