·

Posso confessar uma coisa?
Amo todos vocês que leem, que acompanham meu blog e que o seguem.
Obrigado aos 206 seguidores pelo apoio que dão ao meu primeiro projeto!
Quatro anos de felicidade!!!




sexta-feira, 28 de maio de 2010

Querido John,



Pensei em mil maneiras diferentes de começar essa carta. Tinha vontade de começar dizendo o quanto te odiava por me fazer sentir assim, sem vida, sem esperança, sem absolutamente nada por insistir em dizer ‘até logo’ mesmo que eu soubesse dentro de mim que aquilo significado um ‘adeus. Também havia um lado de mim que queria escrever que nunca amei tanto alguém como amei você, que não importar quanto tempo ficaremos sem nos ver, ele nunca vai acabar, que é loucura tentar me imaginar aqui sem você, que a minha memória vai continuar intacta com aquele momento em que nos conhecemos até o dia que for esperar você na estação quando resolver voltar.
Cheguei à conclusão que nenhuma das duas maneiras eram boas o suficiente para explicar o que há dentro de mim agora. A única coisa da qual quero que você saiba até que crie coragem de perceber que cometeu um enorme erro é que ainda sinto você ao meu lado quando olho para o mar. Que ainda me lembro perfeitamente do teu sorriso ao meu olhar com aqueles olhos risonhos.
Percebia muito custo que a culpa de tudo isso não é apenas tua. Que grande parte dessa parcela é minha, pois fui eu que gritei e surtei quando você tentou me contar viagem que ia fazer ao fim do mês e disse para você ir e nunca mais voltar.
Arrependo-me por todas as palavras que disse aquele dia. Ainda mais quando chorei e pedi para você ir e nunca mais olhar para trás e cogitar em voltar para me ver. Não havia entendido direito, só depois fui perceber que foi melhor você partir, porque se você ficasse, acabaria te sufocando com todo o meu amor.
Quero que saiba que assim que pisar naquela plataforma mais uma vez, ficarei ansiosa, roerei todas as minhas unhas esperando o trem parar e você descer trazendo contigo todo aquele sentimento que está guardado aqui.
Em mil outras maneiras pensei para terminar essa carta. Mas não encontrei uma maneira de dizer ‘até logo’, pois ainda sinto que ela soa como ‘adeus’.
Esperando-te,
Christiana.



________________________________


Escrevi esse texto depois de ler o texto Querido John no Parla come mangi ! da Jaqueline, que também é para uma promoção, onde o vencedor ganha um cruzeiro de 7 dias! Para participar clique aqui.

11 medos:

Jorge Lima disse...

Pefeito! Confesso que é doce... muito doce. Mais é forte e rasga o sentimento.

Estou chorando ainda.

Camila. disse...

Lindo texto,
tomara que você ganhe *-*

www.menina-normal.blogspot.com

Taynara Ambrósio disse...

Linda carta. Triste, mas realista.
boa sorte viu*-*

www.trueslove.blogspot.com/

Lôoh Toledo disse...

aii Chiris que lindo *----------*
a sabe eu queria fazer uma carta assim e mandar para alguém, mas não sei a forma de começar e me expressar com tudo que sinto.

mas ta lindo queria que isso acontecesse comigo ><

Monique Premazzi disse...

Poxa, você sumiu mesmo ein Chris? ): Mas, não se tinta mal ok? Eu te entendo.

Enfim, espero que você consiga *-* Está incrível o texto. Como sempre, você tem muito talento.

Boa sorte
xx

Rene Santos disse...

Thizi
Que carta linda, cheia de amor. Gostei muito.
Vim aqui te oferecer um selinho. Está na Vida e arte enm cores e depois passe lá para pegar.
Boa Sorte!
Beijos e bom final de semana

@ anacarolinacorrêa disse...

Muito lindo, parabéns;

Emi disse...

Tem selo pra você lá!
Beijoss!

Jaqueline Jesus disse...

aaaah gostou da promoção né *-*
é ÓTIMAA né.. eu quero ganhar, mas o que eu quero mesmo é o livro *o*(é eu sou maluca de trocar um cruzeiro por um livro msm)..rs

Ficoui muuito boa sua cartinha Chris :D
Sorte para nós o/

Palavras Andantes disse...

Adorei :DD
bý : Ana Carolina Lima.

Vitória Silva - @MyRadar_ disse...

Estou louquíssima para assistir ao filme. E adorei a carta.