·

Posso confessar uma coisa?
Amo todos vocês que leem, que acompanham meu blog e que o seguem.
Obrigado aos 206 seguidores pelo apoio que dão ao meu primeiro projeto!
Quatro anos de felicidade!!!




domingo, 8 de agosto de 2010

In the Forest - 2


Eu não sabia a certo como cheguei àquela floresta. Não sabia por que estava correndo. Não tinha idéia do que podia estar vindo atrás de mim. Não conseguia nem pensar muito bem a aquela altura sentindo minhas mãos tremerem e minha respiração cessar quando vi uma sombra a poucos centímetros de mim.
Fechei os olhos tentando imaginar por um instante o que realmente poderia estar acontecendo. Não vinha nada a minha mente. Abri vagarosamente os olhos, esperando que pudesse ver o que era aquilo.
Apenas pude ver o seu contorno na escuridão. Era uma pessoa. Disso eu podia ter certeza. Contra minha própria vontade estiquei aos poucos minha mão até onde ele estava. Se ele fosse me fazer mal de algum modo, podia sentir que já teria feito.
Meus dedos estavam trêmulos quando o toquei.
Recuei minha mão instantaneamente com medi. O que eu estava pensando? Ofeguei por um estante engolindo em seco, quando ele voltou a se mover. Prendi a respiração esperando morrer de uma vez.
Não aconteceu.
Senti algo passar em meus cabelos, em meu rosto, parando sobre meu nariz. Mordi meu lábio inferior com vontade de gritar.
Foi então que abri os olhos e pude vê-lo ali a minha frente.Eu sabia perfeitamente quem ele era e que estava em perigo.
__________________
e continua...

11 medos:

Яafinha. disse...

Como gosta de deixar a gente curioso. Continua ,continua! Pleaseeeee!

Otimo texto linda!

Cris Souza disse...

Eu li as duas partes e achei que você já fosse revelar o que está atrás dela nessa parte... =/

Jorge Lima disse...

#fato Medo de Sonhar agora.
OMG menina escreva logo estou com medo de não voltar a tempo
kkkkkk'

mari ebert disse...

cara, q medonho! Quero mt a continuação, bjoo!

kowalski disse...

Adorei seu post, está maravilhoso, ok? *-*
Gente que história linda, e o conto nem é mal feito ok?
Aaaaah que linda a história. Enfim, obrigada pela visita não me lembro de ter comentado no seu blog, desculpe a demora >_<

P. Ferreira Garcia disse...

Aai, adorei. E fiquei suuuper curiosa, continua *-*

beijos

Ceres        disse...

Adorei seu lay, muito lindo.
E já te disseram que vcê escreve muito bem?
Sucesso, querida.
xoxo

Karla Hack disse...

Bem curioso e intenso...
Causou-me certa ansiedade
Gostei!
;D

bárbara disse...

Adorei a história, completamente envolvente. Me deixou ansiosa pra saber o resto. haha Parabéns!

:*

Monique Premazzi disse...

Você só pode está de brincadeira comigo, né? EU QUERO MAIS, QUERO MAIS, QUERO MAIS E QUERO MAIS!

P.S.: Sobre meus textos baseados no McFLY, eu sempre capricho mesmo, porque eu me sinto super a vontade pra escrever sobre eles *-* AMO. E aquele foi pro Tom sim, eu não podia ignorar a foto fofa que a namorada dele postou. Alias, nem coloquei na notas pro pessoal ver ): Enfim, obrigada pelo carinho sempre, Chris *-* Você é um máximo! Se cuida, ok? Beijos :*

Stéphanie Lopes disse...

ansiosa para a continuação ;

;*