·

Posso confessar uma coisa?
Amo todos vocês que leem, que acompanham meu blog e que o seguem.
Obrigado aos 206 seguidores pelo apoio que dão ao meu primeiro projeto!
Quatro anos de felicidade!!!




segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Words


Eu queria estar naqueles dias. Aqueles dias em que se pode deitar e levantar as pernas para o ar. Queria pegar novamente uma caneta e a minha velha agenda-confidente e escrever um texto super interessante, como aqueles que antigamente eu conseguia fazer em dois três minutos enquanto ouvia música no último volume.
Há tantas coisas que no momento eu queria poder fazer...
Seria muito mais simples se os dias pudessem ter mais do que miseras 24 horas e proporcionasse o momento certo em que aquela velha história viria a minha cabeça e as palvaras saíssem facilmente na ponta da caneta.
Não sei até o momento o que aconteceu. A vontade de escrever não sumiu. As histórias malucas ainda estão aqui na minha cabeça me atazanando, me lembrando todos os dias que tenho de as por em dia. Mas as palavras não estão do mesmo jeito. Elas entraram em greve e resolvem aparecer do jeito que bem entendem e esquecem que sou eu quem decide a ordem em que vão aparecer.
Ter mais tempo não ajudaria. As músicas ainda são as mesmas, mas não fazem o mesmo efeito. Três, dois minutos são o tempo que eu levaria agora para pensar sobre o que tentaria escrever, antes que uma crise de inspiração me agarrasse.
Talvez essa seja a minha sina. Ter as palavras, mas não combiná-las perfeitamente.

5 medos:

Leeti disse...

Hmm... venho me sentindo assim há um certo tempo :/

Raíssa Santos disse...

É, eu sei BEEEEM como é ficar num processo de blokeio. A culpa é da minha vida de vestibulando ):
Saudades daqui ):
beijos

Carolina Hermanas disse...

Estou passando por isso.Mas no meu caso,bloqueou TUDO D:
Eu acho que é apenas uma fase complicada da nossa vida, que passará logo logo *rezo*.

:)

beeijão!

Monique Premazzi disse...

Bem vinda ao clube!
Nossa, parece que foi escrito pra mim esse texto. Amiga, estamos na mesma situação.
Eu me sinto EXATAMENTE assim, sem tirar uma virgula sequer. Quero tanto voltar a ser como antes ): Mas parece impossível as vezes, me sinto totalmente vazia. Parece que não sei mais como escrever :S

Melhoras para nós.
E senti saudades daqui ):
xx

Fran.ciellen :) disse...

Sei exatamente como é [n+1].
Mas acho que isso acontece com os melhores escritores/blogueiros. Provavelmente por isso a maioria não gosta de rotina... Por não trazer inspiração, não surpreender.

Mas pra usa crise, eu adorei o post. Mesmo! Espero que passe logo!

beijo grande :**